quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O Pensador


O Pensador (em francês: Le Penseur) é uma das mais famosas esculturas em bronze do escultor francês Auguste Rodin. Retrata um homem em suposta meditação, determinado a transcender seu sofrimento através da poesia. Ele é a representação de um homem de seus quarenta anos, idade de Rodin quando criou a forma original; sentado, com a cabeça baixa, apoiada em sua mão direita.



Originalmente chamado de “O Poeta”, a peça era parte de uma encomenda de um futuro Museu de Arte Decorativa em Paris para criar um portal monumental baseado nas passagens da obra “Divina Comédia” de Dante Alighieri, repleto de desespero e drama. Coroando a porta, haveria uma figura humana de 72 centímetros de altura: o Pensador original. 


Cada uma das estátuas na peça representava um dos personagens principais do poema épico. Logo, O Pensador originalmente procurava retratar Dante em frente aos Portões do Inferno, ponderando seu grande poema. A escultura está nua porque Rodin queria uma figura heroica à la Michelangelo para representar o pensamento assim como a poesia.



Rodin fez a primeira versão da escultura por volta de 1880. A primeira estátua em escala maior foi terminada em 1902 e tornou-se propriedade da cidade de Paris graças a uma contribuição organizada pelos admiradores de Rodin e foi colocada em frente ao Panteão em 1906.


As obras que podem ter inspirado Rodin a fazer O Pensador são:
Lorenzo de Medici, de autoria de Michelangelo e

Ugolino e seus filhos, de Carpeaux.

 Em 1922, a escultura foi levada para o Hotel Biron, hoje transformado no Musée Rodin. Mais de vinte cópias da escultura estão em museus pelo mundo, além da escultura presente na tumba de Rodin e sua esposa. Algumas destas cópias são versões ampliadas da obra original assim como as esculturas são de diferentes proporções.




O próprio autor, ao comentar sua escultura, destacava a importância de seus detalhes: “O que faz meu Pensador pensar é que ele pensa não só com o cérebro, mas também com suas sobrancelhas tensas, suas narinas distendidas e seus lábios comprimidos. Ele pensa com cada músculo de seus braços e pernas, com seus punhos fechados e com seus artelhos curvados”, disse.


Rodin obteve esta importante encomenda depois de ter seu reconhecimento artístico em 1878 com a obra “São João Batista pregando”.

Na loja Quinta dell´Arte, é possível adquirir réplica dessa escultura, acesse a loja e conheça mais:

Veja imagens dessa estátua no museu Rodin:



Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Pensador
http://www.musee-rodin.fr/en/collections/sculptures/thinker
http://www.metmuseum.org/toah/works-of-art/67.250
http://diversao.terra.com.br/arteecultura/noticias/0,,OI354654-EI3615,00-Um+pouco+de+O+Pensador+de+Auguste+Rodin.html
http://www.nga.gov/collection/sculpture/flash/zone2-2.htm
http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/escultor-rodin-e-homenageado-pelo-google
http://pt-pt.thecircumference.org/musee-de-rodin
http://www.suapesquisa.com/biografias/rodin.htm

6 comentários:

Anônimo disse...

muito obrigado por essa pesquisa pois precisava para minha escola e com isso vou conseguir . valeu

Cândida Simas disse...

Juli, gostei do seu texto sobre 'O Pensador", de Rodin. Embora minha formação seja outra - línguas portuguesa e inglesa -, aprecio imensamente arte e tenho uma forte admiração por essa obra, que representa, entre outras coisas, o ato de reflexão.
Sucesso!

Cândida Simas disse...

Juli, gostei do seu texto sobre "O Pensador, de Rodin. Embora minha formação seja outra - línguas portuguesa e inglesa -, aprecio imensamente arte. E particularmente essa obra, que representa, entre outras coisas, o ato de reflexão.
Sucesso!
#

Suely Duque Rodarte disse...

Parabéns pelas informações. Adorei relembrar a visita ao Museu Rolling.

Anônimo disse...

Parabens pelas informações, com isso eu estou estudando pro PAS

Anônimo disse...

Eu também.