segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

RENASCIMENTO

PARTE I

Segue texto da aula sobre Renascimento, com algumas alterações.

A Idade Média tem esse nome pois situou-se entre dois picos da glória artística: o período Clássico e o Renascimento.

Foi durante os séculos XIV e XV que as cidades italianas como por exemplo, Gênova, Veneza e Florença, passaram a acumular grandes riquezas provenientes do comércio. Estes ricos comerciantes começaram a investir nas artes, aumentando assim o desenvolvimento artístico e cultural. A partir daí também foi criado o mecenato (patrocínio artístico). Por isso, a Itália é conhecida como o berço do Renascentismo.


Cosmo de Médici, um dos mais importantes mecenas do Renascimento. A família Médici patrocinou Michelangelo durante toda sua vida.

“A arte é parecida com a vida”. O interesse passou do sobrenatural para o natural. A redescoberta da tradição Greco-romana ajudou os artistas a reproduzirem acuradamente as imagens visuais. Trata-se de uma volta deliberada, que propunha a ressurreição consciente (o re-nascimento) do passado, considerado agora como fonte de inspiração e modelo de civilização. Uma outra característica marcante foi o racionalismo, isto é, a convicção de que tudo pode ser explicado pela razão do homem e pela ciência, a recusa em acreditar em qualquer coisa que não tenha sido provada; dessa maneira o experimentalismo, a ciência, conheceram grande desenvolvimento. Houve então uma expansão do conhecimento científico do corpo humano e do mundo natural, com a maior compreensão da anatomia e perspectiva, possibilitou esses séculos a superarem as técnicas da Grécia e da Roma.


Davi, de Michelangelo. Aqui podemos perceber claramente a influência grega na escultura renascentista - tanto a posição de Davi quanto a idealização da beleza e serenidade. Perceba como uma das pernas está apoiando o peso do corpo, equilibrando o eixo central para que a figura fique relaxada... isso se chama contraposto e foi muito utilizado nas esculturas clássicas.


Além de atingir a Filosofia, as Artes e as Ciências, o Renascimento fez parte de uma ampla gama de transformações culturais, sociais, econômicas, políticas e religiosas que caracterizam a transição do Feudalismo para o Capitalismo. Nesse sentido, o Renascimento pode ser entendido como um elemento de ruptura, no plano cultural, com a estrutura medieval. Para os artistas da época renascentista, os gregos e romanos possuíam uma visão completa e humana da natureza, ao contrário dos homens medievais.

A exploração de novos continentes e pesquisas científicas davam confiança ao homem, e a Igreja foi perdendo seu domínio com a Reforma Protestante. O estudo de Deus como Ser Supremo foi substituído pelo estudo do ser humano. Era um meio de explorar a vida na terra. Num sentido amplo, esse ideal pode ser entendido como a valorização do homem (Humanismo) e da natureza, em oposição ao divino e ao sobrenatural, conceitos que haviam impregnado a cultura da Idade Média.

Retratos detalhistas de van Eyck, gravuras de Dürer, corpos contorcidos e iluminação de El Greco. Tanto a pintura como a escultura que antes apareciam quase que exclusivamente como detalhes de obras arquitetônicas, tornam-se manifestações independentes.

Houve 4 inovações técnicas (patamares) que influenciaram a arte por séculos e influenciam até hoje:


1 – óleo sobre tela. De pintura a têmpera (pigmento em pó misturado com ovo) sobre madeira passou a óleo sobre tela. O mineral era moído e misturado com a terebentina, aplicado sobre a tela. Dava suaves nuances de tonalidade – formas em três dimensões - e uma vasta gama de cores.


2 – Perspectiva – método de criar uma ilusão de profundidade em uma superfície plana. Perspectiva linear – 1 linha que alinha os objetos em um único ponto. Reduziam o tamanho dos objetos e apagavam as cores ou borravam detalhes à medida que ficavam mais afastados.


3 – Luz e sombrachiaroscuro (claro/escuro) – nova técnica para modelar formas. Partes mais claras parecem emergir das áreas mais escuras produzindo, na superfície plana, a ilusão de um relevo escultural.


4 – Configuração em pirâmide – retratos agrupados horizontalmente no primeiro plano da pintura deram lugar a uma “configuração piramidal”, mais tridimensional.


Por isso a Monalisa é um ícone e a obra de arte mais famosa do mundo: possui todos os patamares/rupturas que caracterizaram a pintura renascentista. A única característica que não condiz seria o óleo sobre tela, pois foi pintada com óleo, mas sobre madeira. A paisagem de trás nos denota profundidade e perspectiva; podemos ver nitidamente a configuração em pirâmide e a forma avançada de luz e sombra, mas falaremos sobre ela mais pra frente!



O Renascimento nasceu em Florença. Os primeiros artistas que inventaram esse novo estilo foram Masaccio, Donatello (escultor) e Botticelli, cujas pinturas lineares chegaram a um refinamento.


MASACCIO


Fundador da pintura na 1ª fase do Renascimento. Pintou a figura humana como um ser humano real, e não como uma coluna no estilo gótico. Dominou a perspectiva e usou uma única fonte de luz constante lançando sombras precisas. Depois de Giotto, esse foi o cara que começou a utilizar, mas de forma mais consciente, as sombras e a perspectiva. Na figura abaixo, conseguimos perceber que o ponto de fuga (local onde todas as linhas se convergam) encontra-se na cabeça de Cristo. Perceba como a edificação do lado direito possui seus traços convergindo à cabeça Dele.




DONATELLO


O que Masaccio fez na pintura, Donatello fez na escultura. Recuperou a descoberta da escultura clássica e do contrapostto (peso concentrado numa das pernas e resto do corpo em relaxamento, ligeiramente virado para um lado). Esculpia e drapeava as figuras com realismo, de acordo com a estrutura óssea. “Davi” foi o primeiro nu em tamanho natural desde o clássico.

Davi, de Donatello.



Essa escultura em madeira retrata Madalena no fim de seus dias: velha, com rugas e os cabelos secos e expressão cansada mas com fé. Aí percebe-se um pouco da quebra da idealização da beleza - Donatello quis fazer uma escultura não idealizada e de acordo com o real (até demais). Diz-se que quando Donatello terminou esta escultura, falou à estátua: "Fale, fale ou morrerás de peste!", de tão expressiva que ficou.



BOTTICELLI


Os 2 outros artistas lançavam o Realismo tradicional, e Botticelli ia para o caminho oposto. Estilo decorativo linear, clássico e idealizado. Para ele, a beleza estava associada ao ideal cristão. Por isso, as figuras humanas de seus quadros são belas porque manifestam a graça divina, e, ao mesmo tempo, melancólicas porque supõem que perderam esse dom de Deus. Retrocesso à arte bizantina, mas os nus sintetizam a Renascença. Seus temas abordavam a mitologia clássica, como sua mais amosa obra "O Nascimento de Vênus":



Detalhe da obra:

Que olhar sereno e passivo, parece que nem sabe o que está acontecendo a sua volta...


No século XVI, a liderança artística chegou a Roma e Veneza, onde os artistas criaram extraordinárias obras de arte com total domínio das técnicas. Suas obras fundiram de tal maneira as descobertas de composição, proporção e perspectiva – Alta Renascença, que foi onde teve seu auge artístico.


->> Leia a segunda parte do texto, clicando AQUI


Referências bibliográficas:

STRICKLAND, Carol. Arte comentada: da pré-história ao pós-moderno. Trad. Angela Lobo de Andrade. Rio de Janeiro: Ediouro, 2003.

www.historiadaarte.com.br

http://www.brasilescola.com/historiag/renascimento.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Renascimento

http://www.suapesquisa.com/renascimento/

http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=191

http://www.nomismatike.hpg.com.br/Renascimento.html

4 comentários:

Anônimo disse...

muito bom, gostei muito valew =D

Anônimo disse...

nossa eu adorei esse bloggereu adoraria ficar mas tenho que ir.wallisonaraujo maciel

Anônimo disse...

nossa eu adorei esse bloggereu adoraria ficar mas tenho que ir.wallisonaraujo maciel

Nágela de Jesus Almeida disse...

Tenho muito interesse em compartilhar conhecimentos acerca da história da Arte. Gostei muito das imagens e do estudo sobre Donatello, gostaria de convidar pessoas pra discutir sobre sua obra: a "escultura de Davi", aguardando retorno...
Abraços!

LinkWithin

Posts relacionados Posts with Thumbnails